Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Alucinogénico

Ás vezes penso

Ás vezes sonho

Quando mais nada me resta...

Acredito que fugi

Sinto uma inexplicável felicidade

Sinto uma bela volta

E que tudo mudou

Subitamente alucino

 

 

Quando não vivo na realidade

Quando não me posso vive-la

De forma súbita

Eu vivo na alucinação

Amo tudo o que é irreal

E vivo o que realmente não posso viver!

 

 

Tudo o que é alucinação

É puramente irreal

E acaba suavemente

É uma bela e lenta morte!

 

 

É triste e sádico

Doloroso e massacrante…

Ás vezes vivo á alucinar

Mas acabo por morrer

Já morri um milhão de vezes

Ás vezes

Eu vivo…

Eu alucino…

Isto acontece porque mais nada me resta

Sempre que estou a alucinar…

Estou numa inexplicável felicidade

Estou a morrer suavemente!

 

 

Quando não vivo na realidade

Quando não me deixam vive-la

Eu vivo na alucinação

Amo tudo o que é irreal

E vivo o que realmente não posso viver!
publicado por Borges às 23:47
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De ♥ °Pαpєr∂oℓℓ ♥ a 20 de Maio de 2007 às 20:00
Image
gostei mt do teu blog
besso
De ♥ °Pαpєr∂oℓℓ ♥ a 25 de Maio de 2007 às 06:48
Image
olá como vai isso tudo bem pois é hoje nao dormi tive ataque de insonias resolvi passar e deixar um abraço...
serás sempre bem vindo com reflexões e opinioes bejus tenho novo post voltarei sempre que der beju
De ♥ °Pαpєr∂oℓℓ ♥ a 4 de Junho de 2007 às 12:47
sabe bem fugir deste mundo acreditar que podemos estar bem mesmo que seja num mundo irreal mesmo que seja alucinação...por momentos fui feliz voltei a sorrir, nunguem me pode apontar o dedo por alucinar...o mundo nao vale a pena se nao soubermos viver o real e o irreal..

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novos blog´s. Obrigado.

. Terça-Feira, 8 de Abril d...

. Cessou!

. Não lhe consigo colocar t...

. Como chuva numa triste no...

. Porque não consigo dizer ...

. Se pedir paciência, será ...

. Adeus!

. Dizer-te

. Respostas

. Ondas da minha própria do...

. Simplesmente desapareceu ...

. Monstro anormal.

. Encontrar-me.

. Eu não me preocupo

. Odeia todos os os dias da...

. Uma pura inocência mortal...

. O Agradecimento

. A minha vida

. Amiga

. Toma a minha mão! (Estou ...

. Porta de saida

. A minha dor

. Eu não estou bem!

. Alucinogénico

. Abre os teus olhos

. Cinco minutos

. Anjo impossível

. Partir? mudar?... Uma cer...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds